quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Lemon Curd (receita)


O famoso lemon curd inglês tem receita simples.
Ingredientes
400 gramas de açúcar
6 ovos
6 a 8 limões sicilianos (raspas da casca e sumo)
230 gramas de manteiga sem sal derretida

Modo de Preparo


1- Derreta a manteiga e deixe esfriar completamente.
2-Num refratário próprio para micro-ondas coloque os ovos inteiros e o açúcar.
- Com auxílio de um fouet bata até obter uma mistura clara e homogênea.
4 - Adicione as raspas e 450 ml de suco de limão. Junte a manteiga derretida em temperatura ambiente.
5 - Leve a mistura ao micro-ondas em potência alta por um minuto.
6 - Retire, mexa e retorne por mais um minuto.
7 - Repita essa operação até que a mistura adquira consistência (grossa e homogênea).
O creme pode ser conservado na geladeira de 2 a 3 semanas.
Você pode utilizar para rechear tortas e bolos (como na foto) ou simplesmente para passar numa torrada. Também é uma ótima lembrancinha para visitas - basta colocar num potinho charmoso.
Obs. se você não quiser preparar no micro-ondas, leve a mistura ao fogo médio mexendo sempre até atingir a consistência ideal.



Verde dentro de Casa

Verdinhos não são somente para áreas externas. 
Em um mundo cada vez mais urbano, onde estar perto da natureza é um privilégio para poucos, ter um pouco de verde em casa pode ser um alívio para as pressões do dia a dia, mas tem que ser natural, despretensioso.
Foi-se o tempo em que só arranjos pomposos com  rosas, crisântemos eram permitidos.
Escolhi para esse post ideias bem simples, que dão um toque todo especial aos diversos aposentos da casa. 



Quadro de Suculentas - jardim vertical

Na cozinha

Na mesinha de centro da sala de visitas

Sobre cada prato na mesa de jantar


No quarto do casal

No banheiro








segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Book Trailer - Onde Moram as Coisas, um livro de Pedro Ferrão

CRIANÇA QUER AVENTURA! 
Criança já nasce com o desejo de ser o protagonista das próprias histórias. Quer conviver com animais selvagens, dormir em barracas, encontrar tesouros escondidos. Ainda que seja dentro do próprio quarto.
Neste Mês das Crianças, permita que seu filho seja o que quiser.Cante, dance, brinque, role na grama.
Leia para ele. Aguce a imaginação dos pequenos com histórias de aventura, contos de fadas e quadrinhos.
Ouça esse book trailer do livro de Pedro Ferrão e me diga qual criança não dormiria tranquila e feliz ouvindo dos lábios de seus pais uma história tão linda.

domingo, 15 de outubro de 2017

Parabéns professores


Eles trabalham em três turnos. Dão aula em duas, três, quatro escolas. Querem ficar ricos? Não. Querem é sobreviver.
Percorrem bairros distantes, às vezes no mesmo dia. Várias vezes na semana. Fora casa, marido/mulher, filhos.
Fim de semana, não conte com eles – são exercícios e provas para corrigir, aulas para preparar.
Convivem com meninos mal-educados pobres e ricos. Pais que acham que o mundo roda em volta de seus filhos e que esperam que a escola dê o que eles não souberam dar: limite e educação.
Eles quase nunca têm material adequado. Nem segurança ou reconhecimento. Mas como um apaixonado que ronda a amada, eles voltam a cada dia. Professores não acreditam em luz no fim do túnel. Professores acham que há luz no túnel todo. É preciso apenas um novo olhar, um novo saber. Por isso já apanharam nas ruas, tiveram desconto de salários inteiros ilegalmente, são perseguidos pela mídia,  maus administradores e governantes.
Aliás... governantes odeiam professores! A pátria educadora sabe o estrago que um bom mestre faz. Por isso humilha, desampara e desqualifica o trabalho dos seus educadores. Em vão. Professores não se calam. São seres desobedientes.
Professores são perigosos. Nisso eles têm razão. São o pior inimigo de governantes injustos e mal-intencionados. Eles podem mostrar que as propagandas eleitorais são mentirosas e vazias. Podem provocar pensamentos, plantar sementes de inquietação.
Eles são fonte de novas idéias. Eles têm a pior das armas, nas mãos: o saber, a capacidade de levar a dúvida onde só existiam certezas errôneas e mostrar que, sim, tudo pode ser diferente.
Eles são fortes, resistentes-não quebram facilmente. Adoecem, deprimem, choram. Mas quando você olhar de novo, verá que estão todos lá. Com rumo, objetivo e vontade de mudança. De caneta em punho. Armados e perigosos.
Senhores passageiros dessa sociedade, eles podiam estar roubando (hoje tanta gente faz isso), eles podiam estar matando, mas estão aqui só pedindo sua atenção. E vão conseguir porque tem  garra,  dom da palavra e paixão na alma.
Os governantes já sabem disso. Os pais esqueceram. Os meninos ainda vão descobrir. Mas no dia que todos perceberem a força de um professor, quem sabe se juntam a ele para construir uma sociedade melhor?
Parabéns, professor pela luta dentro e fora das salas de aula.

Por: Mônica Raouf El Bayeh

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Mês da Criança # mês de alegria.






Torta Divina de Chocolate com Damascos

Assistindo um dos episódios de Giada de Laurenttis na tv,  vi ela preparar essa receita e fiquei com vontade de fazer.
Porém, aqui onde moro não é fácil encontrar pistaches e, quando se acha, o preço é absurdo.
Fiz algumas alterações e o resultado foi maravilhoso.
Abaixo a receita que eu fiz.


Ingredientes:
Para a base:
1 1/2 xícara de amêndoas tostadas (ela usa pistaches)
3 colheres de sopa de açúcar
1/2 colher de chá, de sal
6 biscoitos maizena (ela usa um biscoito  tipo cream cracker doce que não temos no Brasil) 
8 colheres de sopa de manteiga sem sal derretida
Para o recheio:
230g de chocolate amargo (com 70% de cacau) picado
1 1/2 xícara de creme de leite fresco
3/4 de colher de chá de extrato de baunilha
1/8 de colher de chá de sal
1/2 xícara de damascos secos picados
Modo de preparo:
Preaqueça o forno a 180ºC.
Unte uma assadeira de 22,5cm com margarina.
Para a base:
Coloque as amêndoas, o açúcar e o sal na tigela de um processador de alimentos. Aperte a tecla “pulse” para picar grosseiramente, em seguida, adicione os biscoitos e “pulse” até ficar finamente picado.
Acrescente a manteiga derretida e aperte novamente a tecla “pulse” até que a mistura atinja a consistência de uma areia molhada.
Pressione a mistura sobre o fundo da assadeira, de forma uniforme.
Asse, por cerca de 10 minutos, até que o em torno das bordas fiquem dourados.
Deixe esfriar até atingir a temperatura ambiente.
Para o Recheio:
Coloque o chocolate picado em uma tigela média.
Em uma panela pequena, em fogo médio, aqueça o creme de leite, a baunilha, o sal até que comece a levantar uma breve fervura em torno das bordas. Despeje essa mistura quente sobre o chocolate, deixe descansar por 2 minutos. Em seguida, bata até ficar liso e brilhante.
Derrame o recheio de chocolate sobre a crosta e polvilhe com os damascos picados.
Refrigere por pelo menos 4 horas ou até à hora de servir.

Sirva com creme chantilly, se desejar.

RECEITA DE SALADA DE FRUTAS em camadas